Andressa Diniz: Vale a pena ler: Os 13 porquês
Image Map

Vale a pena ler: Os 13 porquês

Oi pessoal, tudo bem?

O "vale a pena ler" de hoje é sobre um livro que eu já falei aqui no blog 2 vezes. Um livro que eu queria muito ler mas eu não estava encontrando nas livrarias daqui da minha cidade. Ou não tinha porque não vendiam ou porque estava em falta mesmo. Mas graças a Deus que eu tenho um noivo muito legal que baixou o livro para eu ler no meu tablet e eu aproveitei e pedi para baixar muitos outros hahah assim eu fico com vários livros de reserva. 

Confesso que eu relutei um pouco, não queria ler livro desse jeito. Eu gosto mesmo é de ter o livro nas mãos, gosto de papel haha Mas assim que eu comecei a ler, JURO que me adaptei super bem e nem senti a diferença. Estou amando ter todos os livros que eu quero ler assim.

Vamos ao que interessa: OS 13 porquês.

Os 13 porquês| Jay Asher| Páginas: 188

Os 13 porquês é o livro que conta a história basicamente do ponto de vista de Clay, um garoto que recebeu em sua casa uma caixa com 7 fitas cassetes contando os 13 motivos que fizeram Hannah Baker uma menina que estudava na mesma escola que ele, a cometer suicídio.

Assim que Clay começa a ouvir a primeira fita, ele ouve Hannah dizendo que cada um que recebeu essas fitas, fazem parte de um desses 13 motivos da sua morte. E assim que a pessoa chegar na sua parte, deverá passar as fitas para o próximo da lista.


Dias antes de todas as pessoas envolvidas receberem as fitas, elas haviam recebido um mapa com algumas marcações, como se fosse um jogo de batalha naval. No dia que eles receberam os mapas (cada um de uma forma diferente), não haviam entendido que mapa era aquele e o que ele representava, só que após receberem as fitas eles entenderam bem do que se tratava aquele mapa. 


Hannah marcou no mapa todos os lugares que cada pessoa que recebeu as fitas representava, cada lugar tinha uma história diferente e ela contava como ela se sentiu em cada situação. E também tinha marcado no mapa, onde ficava a casa de cada pessoa da lista e aos poucos vamos descobrindo quem são essas 13 pessoas e o que elas fizeram para Hannah. 

Clay, como eu disse, é quem basicamente vai contando a história e nos levando para todos os lugares do mapa e a cada pessoa que ele descobre, ele fica mais apreensivo pois sabe que a vez dele está chegando e ele não sabe o motivo que o levou a estar na lista.


O interessante desse livro é que nós percebemos que pequenos atos que para nós não é grande coisa, acabam machucando de certa forma outra pessoa. Certas coisas que falamos para outras pessoas são repassadas de forma totalmente errônea e esse comentário que no começo era A , depois vira B e acabam atingindo alguém de uma certa forma que até fazer todo mundo entender que aquele B na verdade é A, muda a vida daquela pessoa completamente para pior.

 Então devemos tomar cuidado, sobre o que falamos e com quem falamos. Nem todos querem a sua felicidade, nem todas as pessoas simpáticas no corredor da escola/faculdade ou em qualquer outro lugar, é confiável. Não é legal ficar inventando histórias de outras pessoas e espalha-las como se fosse verdade. Isso pode acabar com a vida de alguém completamente! Se coloque no lugar do outro e veja se isso seria bom para você, se não for, não faça!

Algumas partes do livro nos fazem pensar. Tem coisas ali que eu sinceramente não vejo motivo para Hannah ter ficado tão chateada, mas outras partes eu concordo com ela. Mas é aquilo, cada um encara o problema de uma forma, tem gente que é forte e supera tudo e não liga para opiniões alheias e tem gente que não consegue e se deixa abater.

Então é isso meninas, espero que tenham gostado!
Até o próximo post!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *