Andressa Diniz: Vale a pena ler: As gêmeas do gelo
Image Map

Vale a pena ler: As gêmeas do gelo

Oii pessoal, tudo bem??

Esses dias li um livro tão legal que eu tinha que fazer resenha aqui no blog para vocês também conhecerem e se interessarem por ele. É um livro que nos prende tanto que não dá pra parar de ler. Cada página é uma surpresa, em cada página queremos saber mais e mais dessa intrigante história.

Confere aí!

Livro: As gêmeas do gelo | Autor: S. K. Tremayne | Páginas: 362

O livro conta a história de Sarah e Angus, um casal que há mais de 1 ano tenta lidar com a maior tragédia de seus vidas, a morte de uma de suas filhas, Lydia.

Lydia estava brincando com sua irmã gêmea IDENTICA (nem os pais conseguiam dizer quem era quem) Kirstie, quando de uma forma trágica cai da varanda da casa de seus avós e infelizmente acaba falecendo. Angus e Sarah não conseguem suportar a morte de Lydia e por isso decidem se mudar 1 ano depois para tentar recomeçar suas vidas junto com sua única filha, Kirstie.

Angus recebe uma pequena ilha na Escócia como herança de sua vó, e essa parece a oportunidade ideal para eles recomeçarem, longe de todas aquelas lembranças daquele trágico acontecimento. E assim eles vão morar na ilha.


Um dia Kirstie pergunta a sua mãe o motivo deles a chamarem de Kirstie, se na verdade ela se chama Lydia e afirma que eles estão confundindo suas identidades, e o mundo deles desaba mais uma vez. Como eles poderiam ter confundido a filha morta. Será que Kirstie é realmente Lydia?


Sarah então decide fazer uma investigação, começa a reparar MUITO em sua filha, para tentar descobrir a verdade. Tenta se lembrar como sua filha Lydia agia. Lydia era uma criança muito calma, adorava ler, o cachorro da família era bem calmo com ela e por ser essa criança mais meiga, era a filha favorita de Sarah. Já Kirstie era a gêmea mais agitada, adorava uma aventura e até o cachorro agia de forma diferente com ela e era a gêmea preferida do pai, Angus.

Mas agora Kirstie, a filha sobrevivente, está agindo da mesma forma que Lydia, e até o cachorro está agindo da forma que ele agia com Lydia. Isso deixava Sarah cada vez mais assustada, será que fizeram o funeral para filha certa?

Por serem idênticas não havia nenhuma forma de descobrir se Kirstie é realmente Lydia. Nem mesmo o DNA dela comprovaria de fato, quem é quem. Então Sarah decide fazer um teste, o grito das gêmeas era totalmente diferente, e o que fazia as duas gritarem de um jeito totalmente verdadeiro, cada uma com sua personalidade sem mentiras, era o medo de escuro. E foi isso que Sarah decide fazer, deixar Kirstie no escuro para analisar o grito dela, e assim conseguiria comprovar quem ela de fato era, Kirstie ou Lydia!


De todos os livros que eu li, esse foi o que mais me deixou apreensiva. Não dava para ler o livro sem sentir um aperto no peito pelo o que a mãe estava passando. Sarah é uma mulher muito atormentada, sem vida. Deu para sentir a pressão que ela estava sentindo, todo o peso da incerteza sobre quem era a filha que estava viva.

O final do livro NA MINHA OPINIÃO, foi chocante. Esse é o tipo de livro que você não consegue desvendar o final, cada hora imaginamos uma coisa diferente.

Na minha opinião, esse é um livro que realmente vale a pena ler!!

Então é isso amores, espero que tenham gostado!
Até o próximo post!





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *